Archive for the 'dicas' Category

biscoitinhos de natal

O blog está em clima de natal. E nada mais gostoso do que preparar a casa para comemorar o nascimento de Jesus Cristo e deixar a cozinha com aquele cheirinho de biscoito recém assado. Para isso, ganhei esses dias esse livro lindo aí do lado com mais de 50 receitas de biscoitos de natal (aquelas receitinhas alemãs suuuuuper gostosinhas!).

E por falar em biscoito alemão, poucos dias atráz estive em uma festa de natal alemã no meu ex-colégio em São Paulo e conheci a bolacharia Oma Hedy, muito legal o trabalho deles, muito lindinho aliás! A própria Oma Hedy* que faz os deseinhos todos lindos e super delicados.

* Oma Hedy = Vovó Hedy

Uma idéia original são também as árvores de biscoitos, essas vêm em todos os formatos, tamanhos e modelos:

não dá pra encerrar sem pelo menos 1 receitinha né!? Faz aí e manda a foto pra eu poder fazer a galeria de natal aqui do blog!

ingredientes

  • 100 g de manteiga sem sal
  • 3/4 de xícara (chá) de açúcar
  • 1 ovo
  • 1/2 colher de essência de baunilha
  • 2 xícaras (chá) de farinha de trigo peneirada
  • 1 colher (chá) de fermento em pó
  • 1/2 colher (café) de sal
  • 1 colher de amêndoas moídas

modo de preparo

  1. Coloque todos os ingredientes em uma tigela e misture com as mãos até obter uma massa homogênea
  2. Caso queira fazer biscoitos de duas cores, divida a massa ao meio e acrescente uma colher de sopa de chocolate em pó a uma das metades
  3. Embrulhe em filme plástico e leve para descansar na geladeira por 40 minutos
  4. Polvilhe com farinha de trigo uma superfície de trabalho lisa e abra a massa com um rolo
  5. Corte os biscoitos com cortadores de sua preferência, acomode em assadeiras untadas e enfarinhadas e leve para assar em forno pré-aquecido, médio, por cerca de 20 minutos ou até que fiquem corados

mesa de natal

Falta pouco mais de 1 mês para o natal  e uma coisa que não dá para deixar para a última hora é a decoração, até porque tem que aproveitar que os preços ainda não estão lá em cima e planejar uma mesa linda.

É o primeiro ano que estou decorando a casa para as festas, e como não podia deixar de ser, já estou super empolgada. Já montei minha árvores, o presépio já está no lugar, só faltam as luzinhas e decorar a parte externa na casa. Aliás, o presépio que eu ganhei da minha mãe é lindo d+!

Voltando a falar da mesa para a ceia, encontrei algumas opções para gostos e bolsos

Festival gastronômico no Mercadão de SP

Novos pratos e descontos são atração para quem ficar na capital no feriadão.

Ficar na cidade de São Paulo neste feriadão pode não ser tão ruim. Principalmente para quem gosta de comer bem – sem ter de pagar um absurdo por isso. Um dos pontos turísticos de quem gosta de fazer passeios gastronômicos, o Mercadão da Cantareira (região central) é cheio de delícias. Para melhorar, até segunda-feira (15), acontece por lá o festival Caminhos e Sabores.

Para encerrar o treinamento de seus funcionários, 12 restaurantes e bares espalhados pelo mezanino e pelo térreo oferecem um cardápio especial – alguns com novos pratos, outros com descontos – aos clientes. E ainda dá para levar a receita para casa.

Por apenas R$ 3, por exemplo, dá para saborear o sanduíche de queijo Bela Baby, um dos hits do Hocca Bar há mais de 50 anos. Já entre as novidades, a que promete é o Bacalanche, que leva bacalhau desfiado, azeitonas, ervas finas e tomate picado no pão francês. Sai por R$ 14, na lanchonete Ponto 27.

Criado exclusivamente para este Festival, o Bacalanche é uma saborosa novidade. É feito com finíssimo bacalhau desfiado, temperado com ervas finas especiais e azeitonas verdes. Por R$ 14,00. Veja, na galeria a seguir algumas delícias do evento.

Do segundo piso, é possível experimentar ainda as guloseimas das casas Raffoul, Terra de Santa Cruz, Sala Vip, Mortadela Brasil, Brasileirinho, Elídio Bar e Japa Loko. Já no térreo, os participantes são Salada Paulistana, Pastelaria da Gigia e lanchonete Torre Du Kebbab.

texto do entretenimento.r7.com

horta criativa

mais uma maneira legal pra aproveitar aquela sapateira velha que está ocupando espaço no fundo do guarda roupas

PIPOCA

Quem foi que disse que aquela pipoquinha salgada tradicional é a obrigatória para a sessão cinema em casa? Algumas sugestões novas que podem agradar aos cheffs moderninhos. É só usar a imaginação

essa o namorado vai gostar!!!

cozinha na tv

Nunca me interessei muito por esses reality shows que surgem toda semana… mas tem 2 que eu adoro: Top Cheff e You are what you eat.

Com a correria de escola, treinos, aulas e depois trabalho e faculdade, durante os últimos 10 anos aproximadamente tive péssimos hábitos alimentares. Isso mudou quando me mudei e comecei a cozinhar. Passei a gostar de experimentar novos sabores e misturar ingredientes que eu não imaginava, e como já comentei aqui no blog, até me surpreendi pela facilidade que tive para pilotar o fogão.

Acredito que os programas da tv eu gosto justamente por isso. No You are what you eat, me identifico, vejo meu “passado”, as vezes até assusto pensando em como prejudiquei meu corpo com tanta  besteira. E no Top Cheff vejo meu presente, sempre misturando ingredientes novos e curtindo cada sabor diferente que provo.

Não ganho com a propaganda, mas vale a pena assistir

quinta-feira as 18:30 no GNT

terça-feira 22hs. no canal Sony

Marmita

emprego novo, vida nova, relógio biológico antigo.

Caracas, acordar as 5 da manhã pra ir trabalhar não é fácil!!! Aos poucos vou me acostumando, mas preparar marmita antes de dormir, tomar café no caminho pro serviço… doidera! Ainda bem que o ambiente de trabalho é bom e o serviço é muito legal! E claro, quando chego no final da tarde em casa eu chego muito, muito cansada e não tenho pique nem para atualizar o blog!

Lógico que tenho que levar esse assunto pro lado alimentício, aqui no blog não poderia ser diferente. Pensando no dia inteiro que passo na empresa (eu e mais 100000000 trabalhadores por aí), um dos momentos mais importantes no trabalho é o horário de almoço, onde vamos nos alimentar pra dar pique pra trabalhar o dia todo, essa refeição tem que ser bem pensada, porque tem que sustentar a tarde toda. E preparar a marmita garante que vamos comer o que gostamos de maneira econômica.

Levar marmita para o trabalho, além de ser uma ótima opção para o bolso, é uma boa maneira de garantir uma alimentação saudável. Mas é preciso estar atento a algumas questões importantes que vão fazer toda a diferença entre uma boa refeição e uma possível indigestão, como, por exemplo, o tipo de recipiente em que se deve acondicionar a comida.

— É preciso ter atenção às marmitas feitas de plástico, pois, quando aquecidas, liberam uma substância chamada bisfenol A, que é tóxica ao organismo. O ideal é esquentar a comida em um prato, ou em recipiente de vidro — alerta a nutróloga ortomolecular Tamara Mazaracki.

Quanto ao cardápio, Tamara dá a dica:

— Carnes mal passadas nem pensar, pois a pessoa corre o risco de ter uma infecção. Leve legumes cozidos e frutas inteiras. Peixes e alimentos com maionese tendem a resistir menos fora da geladeira — explica a nutróloga. É importante separar alimentos crus, como saladas, dos cozidos, segundo Tamara. Frios, como presunto, resistem menos fora da geladeira do que os queijos. Se não for possível manter a marmita em um refrigerador, leve-a em uma bolsa térmica.

A nutricionista Luzia Giannini, do Conselho Regional de Nutricionistas, explica que a comida deve ser consumida no mesmo dia:

— Isso é fundamental para evitar intoxicações. Além disso, o recipiente precisa ser bem higienizado, antes e depois de receber os alimentos.

Confira os recipientes:

Plástico: é preciso ter cuidado ao esquentar marmitas de plástico, pois algumas contêm substâncias tóxicas, como o bisfenol A. Se essa for sua escolha, no momento de aquecer a comida, mude o recipiente.

Aluminínio: molhos à base de tomate, em contato com o material podem sofrer alteração no sabor, e podem causar reações alérgicas e problemas gastrointestinais. Além disso, não podem ir ao microondas.

Vidro: É o melhor recipiente para ir ao forno, seja convecional, ou de microondas.


follow me

tá no freezer